Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Dorival Júnior afirma que pretende escalar força máxima do Santos

Treinador espera voltar ao G-4 do Brasileiro

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

21 de novembro de 2015 | 07h04

Embora tenha o primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil na quarta-feira, o técnico Dorival Júnior não deve poupar os titulares do Santos contra o Coritiba, neste domingo, no estádio Couto Pereira. O treinador pretende aproveitar as partidas do Brasileiro para fazer os últimos ajustes na equipe visando o confronto com o Palmeiras.

"Acho que ainda não (é hora de priorizar a Copa do Brasil). O São Paulo passou, mas ainda teremos três jogos. Vamos aguardar e sentir o que acontece nas próximas rodadas", explicou o treinador santista.

Além da necessidade de corrigir algumas falhas, Dorival quer recuperar o mais rápido possível a posição no G-4, perdida após o empate com o Flamengo e a vitória do São Paulo sobre o Atlético-MG.

"Sempre preocupa (os erros). Estamos trabalhando frequentemente. Depois de muito tempo, fizemos uma partida abaixo das condições", disse, ainda lamentando o empate por 0 a 0 com o Flamengo, na Vila Belmiro.

Dorival pode poupar jogadores no domingo que vem, dia 29, quando o confronto é com o Vasco, no Rio. Para o jogo com o Coritiba, Lucas Lima volta, após cumprir suspensão, enquanto Victor Ferraz, está em fase final de recuperação e continua fora da equipe. 

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.