Dorival Junior se surpreende com vitória santista por 3 a 1 no Morumbi

A vitória do Santos sobre o São Paulo por 3 a 1, na primeira partida da semifinal da Copa do Brasil, surpreendeu até o técnico santista Dorival Junior. Mesmo que os dois times vivam momentos distintos na temporada - o Santos está em ascensão, enquanto o São Paulo está em crise política que prejudica o time dentro de campo -, o treinador reconhece que o placar construído na noite desta quarta-feira no Morumbi foi além das expectativas.

GONÇALO JUNIOR, Estadão Conteúdo

22 de outubro de 2015 | 08h45

"Ninguém esperava um resultado como esse. É natural que nos aproxime da classificação, mas não é definitivo", afirmou o técnico Dorival Junior, em entrevista coletiva após a vitória.

Por outro lado, o treinador afirma que a vaga na final não está garantida. O Santos pode perder por até um gol de diferença para se classificar. A equipe soma 13 vitórias consecutivas na Vila Belmiro. "Futebol prega peças. Não temos o direito de achar que as coisas estão definidas", disse o técnico.

Na visão do comandante, o jogo desta quarta foi atípico por causa das condições do gramado - choveu bastante a partir da metade do primeiro tempo -, o que fez surgir o lado de determinação e entrega do grupo. "Vamos jogar a nossa vida. Não podemos bobear. Essa competição é traiçoeira", disse Dorival.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.