Divulgação
Divulgação

Dorival lamenta início ruim do Vasco e elogia Marlone

Para ele, a equipe foi superior ao adversário no restante do duelo mas não teve forças para virar o jogo

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2013 | 09h36

BRASÍLIA - O técnico Dorival Júnior avaliou que o início ruim do Vasco foi a principal razão para o empate do time por 1 a 1 com o Corinthians, domingo, no Estádio Mané Garrincha, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para ele, a equipe foi superior ao adversário no restante do duelo, mas não teve forças suficiente para conseguir a virada após levar o primeiro gol do jogo aos três minutos.

"Pagamos caro pelos 15 minutos iniciais, quando assistimos ao Corinthians jogar. Depois, nos 30 minutos finais, prevalecemos. Creio que merecíamos vencer, mas precisamos reconhecer que o Corinthians se defende bem", disse. "Infelizmente, são pontos que ficam pelo caminho", completou.

Dorival também fez questão de elogiar a atuação de Marlone. O meia, de 21 anos, ganhou uma chance como titular de última hora, em razão da transferência de Eder Luís para o Al Nasr, dos Emirados Árabes Unidos, e teve bom desempenho diante do Corinthians.

"O Marlone já vinha entrando bem no time. Ele era a opção que eu tinha com as características mais próximas das do Eder. Quando se encontrou em campo, se desenvolveu com naturalidade e criou oportunidades importantes. Espero que continue assim, o futebol não se resume a uma partida", disse Dorival.

O empate de domingo deixou o Vasco com 20 pontos, na 11ª colocação no Campeonato Brasileiro. A equipe volta a entrar em campo na próxima quinta-feira, quando vai receber o Nacional (AM) no Estádio de São Januário, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Em Manaus, o time carioca venceu por 2 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.