Marcello Zambrana/Estadão
Marcello Zambrana/Estadão

Dorival lamenta nova oscilação do São Paulo: 'Precisamos voltar a ter regularidade'

Time do Morumbi perdeu para o Grêmio nesta quarta-feira por 1 a 0 pela 35ª rodada do Brasileirão

O Estado de S.Paulo

15 Novembro 2017 | 22h30

O técnico Dorival Junior demonstrou preocupação com a reta final do Brasileirão para o São Paulo, depois da derrota por 1 a 0 para o Grêmio, na última quarta, em Porto Alegre. O time não vence há três partidas.

Apático, São Paulo perde para o Grêmio em Porto Alegre

"Fizemos um segundo turno de recuperação muito bom, o São Paulo teve pontos importantes, construiu regularidade e esperamos voltar a tê-la para ter um final de campeonato um pouco diferente", disse o treinador, depois do jogo.

Para Dorival, o principal erro do time na partida contra os gaúchos foi ter fugido do estilo que estava acostumado a jogar. O técnico criticou as tentativas de passes longas e posse de bola deficitária no meio de campo tricolor.

"Tivemos dificuldades querendo sair com bolas alongadas, o que não é a nossa característica. Quando fazíamos isso, perdíamos a bola. Pedi atenção, para manter a posse. Mas estávamos alongando, querendo chegar com velocidade. Quando jogamos com bola no chão, aproximação, tivemos chance contra uma das melhores equipes da competição, que joga com posse."

O São Paulo não conseguiu vencer nenhum dos três jogos sem o meia Cueva, que defende a seleção peruana na repescagem das Eliminatórias da Copa do Mundo. Dorival minimizou a ausência. "É natural a falta de criação sem o Cueva, mas, mesmo assim, criamos. Futebol não se resume a um jogador, para o lado positivo ou negativo. É natural falar isso porque não vencemos sem ele, mas já jogamos com e sem ele e precisamos saber atuar. O que me preocupa foi o primeiro tempo fugindo de nossas características."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.