Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Dorival quer São Paulo com postura renovada para semana decisiva

Duelo contra a Ponte Preta no sábado é visto como decisivo na luta contra o rebaixamento

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

04 de setembro de 2017 | 11h00

O técnico Dorival Junior afirmou que está cobrando uma mudança de hábitos e de postura dos jogadores do São Paulo, especialmente no poder de reação e combate sem as bolas nos pés, para que o time possa en luta contra o rebaixamento. O treinador quer mais qualidade para que o time possa sair da situação e diz que isso já vem acontecendo.

"Tenho exigido essas mudanças e percebo isso em cada atleta. É um fato importante de nos preocuparmos ainda mais, de cada momento ser mais proveitoso, melhor. É fundamental melhorar a qualidade dos nossos trabalhos para conseguir os resultados", disse, ao site oficial do clube.

Para o treinador, o tempo de treinamento antes do jogo contra a Ponte Preta - visto como decisivo para o time tentar se salvar do rebaixamento -, tem, até agora, saldo positivo. "Houve uma boa reação dos atletas. A semana foi mais intensa, com uma resposta melhor. Em razão dessa resposta a gente crê que produtividade em campo se transforme também, se modifique um pouco, pois temos que ser mais intensos, buscar com mais vivacidade a cada lance, a cada jogada, em cada movimento, isso é fundamental pra reação".

Sobre as possíveis novidades do São Paulo para o duelo no Morumbi, Dorival destacou a boa semana de treinos de Éder Militão no lugar de Buffarini, na lateral direita. "Militão tem um perfil de muita força, de combate, de marcação, de retomada de bola e isso é um dos principais pontos que temos que melhorar. Estamos fazendo algumas observações em relação a isso e acredito que caso o utilizemos na lateral, vai nos ajudar muito".

O treinador também exaltou o volante Jonatan Gómez e o atacante Lucas Fernandes - de olho na vaga de Cueva, que vem rendendo menos que o esperado, e os quatro zagueiros reservas do São Paulo, que buscam o posto de substituto de Arboleda que, suspenso, não joga contra a Ponte.  "Lugano, Aderllan, Douglas e Bruno Alves estão na luta e o que vai definir a escalação vai ser o desenvolvimento dos treinamentos. Vejo no Gómez uma boa opção para segundo volante, com qualidade, capacidade, distribui bem as jogadas e chega muito bem pra finalizar. Quanto ao Lucas, ele tem aproveitado a oportunidade pra buscar um melhor entrosamento no time titular. É um menino de muita qualidade e está buscando seu espaço".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.