Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Célio Messias/Estadão
Célio Messias/Estadão

Dorival prefere não encontrar culpados em derrota do Santos

Técnico destaca bom primeiro tempo da Ponte Preta

O Estado de S. Paulo

13 de setembro de 2015 | 16h03

Após uma impactante derrota por 3 a 1 para a Ponte Preta após 10 jogos de invencibilidade, o técnico Dorival Júnior minimizou os erros que custaram os três pontos em Campinas para o Santos. Ao invés de apontar defeitos em sua equipe, o treinador preferiu destacar o primeiro tempo excepcional do adversário. 

"Temos que reconhecer o valor da Ponte Preta. A Ponte jogou mais que o Santos no primeiro tempo, construiu o resultado e soube como segurar. Essa é a grande verdade, o jogo se resumiu a isso", disse Dorival Júnior. 

A Ponte Preta conseguiu dominar o Santos em todo o primeiro tempo, abrindo 3 a 0 no placar. No segundo tempo, a equipe de Dorival acordou da sonolência do primeiro tempo e reagiu, mas não foi suficiente para mexer na diferença do placar. 

"Em todas as vitórias nós nunca pontuamos em razão deste o daquele elemento. Jamais iríamos fazer isso em uma derrota. Todos estivemos abaixo do que a equipe vinha produzindo", afirmou o técnico.

Com o resultado o Santos perdeu a chance de entrar no G-4 do Campeonato Brasileiro. O time paulista estacionou nos 37 pontos, um abaixo do Flamengo, que ainda joga neste rodada. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.