Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Dorival reclama de calendário apertado e pede paciência à torcida do São Paulo

Apesar de vencer o Madureira por 1 a 0 e se classificar para a 2ª fase da Copa do Brasil, time teve atuação ruim na quarta

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

01 de fevereiro de 2018 | 07h00

Para o técnico Dorival Junior, do São Paulo, o calendário apertado para treinos entre os jogos neste início explicam o rendimento do time. Na quarta, a equipe venceu por 1 a 0 o Madureira, se classificou para a 2ª fase da Copa do Brasil, mas saiu vaiada de campo pela atuação abaixo da esperada.

Brenner minimiza atuação fraca do São Paulo, mas entende vaias: 'Não julgo'

"Torcedor não sabe o que passa, quer ver o time fazendo gols, independentemente de termos só 12 dias de preparação, o que é absurdo, por isso essa dificuldade de recuperação", explicou Dorival, em coletiva. "Ainda assim, o São Paulo passou com vitória e boas oportunidades. Passou criando, fez boas jogadas e é natural a queda muito brusca no segundo tempo, reconheço."

O treinador pediu paciência para que os resultados comecem a aparecer. Ele confia no planejamento do futebol do clube e prevê uma temporada diferente do que foi 2017. "Há coisas positivas acontecendo. Tudo é questão de paciência. Quem não tem paciência, não pode conviver com futebol. Sei das dificuldades, mas tudo vai acontecendo por etapas, e o São Paulo vai ter um ano muito diferente."

Sobre o duelo contra os cariocas, Dorival reconheceu que após o gol, marcado por Brenner aos 16 minutos do primero tempo, o time tricolor recuou, se expôs, e perdeu chances importantes. "Iniciamos muito bem a partida, decididos, buscando resultado, trabalhando bola bola. Na feitura do gol, de repente, demos campo, recuamos, erramos passe, entramos na ansiedade do trocedor, que sempre espera resultado com condição melhor. Isso foi afetando e minando o que poderia ter sido um bom jogo, mais seguro."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.