Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Dorival repete escalação e intensifica treino de finalizações no São Paulo

Preocupação com setor ofensivo do time cresceu depois de três jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

14 de setembro de 2017 | 17h57

O setor ofensivo voltou a ser o foco do treino do São Paulo nesta quinta-feira, o último aberto à imprensa antes do jogo de domingo contra o Vitória, no Barradão, pelo Campeonato Brasileiro. Dorival repetiu o time que utilizou durante a semana, fez poucas alterações e comandou um trabalho específico para finalizações.

O time titular foi novamente escalado com: Sidão; Militão, Rodrigo Caio, Arboleda e Júnior Tavares; Petros, Gomez e Hernanes; Lucas Fernandes, Marcos Guilherme e Lucas Pratto. Nos quinze minutos finais da atividade tática, Dorival substituiu Lucas Fernandes por Cueva, e Marcos Guilherme por Shaylon.

A preocupação com o setor ofensivo do São Paulo cresceu depois de três jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro. Mesmo marcando gols em todos os últimos jogos - a última vez que o time não marcou foi na 14ª rodada do torneio, na derrota para a Chapecoense por 2 a 0 -, a avaliação é de que o time perde muitas oportunidades claras de gol e tem tido pouca efetividade nas infiltrações.

Na quinta, Dorival pediu mais agilidade e criatividade na entrada da área e simulou triangulações entre Lucas Fernandes, Marcos Guilherme e Pratto.

O São Paulo ainda treinará na sexta e no sábado com portões fechados antes de viajar a Salvador para o jogo contra o Vitória. Após semana sem coletivas por parte dos jogadores do time, com exceção da de Cueva na segunda, Dorival Junior dará detalhes na sexta sobre a preparação do time para a "final" contra o time baiano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.