Staff Images/Flamengo
Staff Images/Flamengo

Dorival se diz satisfeito com trabalho no Flamengo: 'Fizemos de tudo'

Apesar de derrotar o Cruzeiro fora de casa, time rubro-negro ficou com a vice-colocação por conta do triunfo do Palmeiras sobre o Vasco

Estadão Conteúdo

25 de novembro de 2018 | 20h38

"Fizemos de tudo para conquistar o título". Foi assim que Dorival Júnior abriu a entrevista coletiva após a vitória do Flamengo sobre o Cruzeiro, por 2 a 0, no Mineirão. O treinador lamentou o vice-campeonato brasileiro, mas exaltou o seu trabalho no comando do clube carioca, o qual colocou na briga com o Palmeiras pelo título.

"Desde quando assumi o clube, há 11 rodadas, fizemos um campeonato semelhante ao do Palmeiras. Se o torcedor tinha alguma dúvida quanto à qualidade do elenco, acabou. O Flamengo tem um time preparado para vencer e fez tudo o que foi possível para passar o Palmeiras, que teve uma conquista brilhante, digna de todos os elogios", afirmou o treinador.

Além de exaltar a campanha do Flamengo sob seu comando, Dorival não mostrou incômodo em deixar o clube ao fim da temporada. Ele lembrou que aceitou os termos estabelecidos em contrato. "O futuro a Deus pertence. Tenho que agradecer por ter voltado a um clube como o Flamengo. Poucos profissionais têm essa oportunidade. Abri e finalizei a gestão do presidente. As coisas acontecem de forma natural. Vim consciente do contrato que fiz, me doei, dei o meu melhor. Nos entregamos de corpo e alma. Fico tranquilo", assegurou.

O técnico ainda apontou um número importante conquistado pelo clube, que chegou aos 72 pontos. "É o recorde de pontos do Flamengo em Brasileiros. Isso mostra a força desse grupo, que se entregou ao máximo. É natural que o vice campeonato não seja valorizado, mas internamente temos que valorizá-lo.O time sempre mostrou muita gana. Acabou não acontecendo. Mas saímos com uma equipe muito fortalecida. O Flamengo está preparado para alcançar títulos", concluiu.

O goleiro César lamentou o título conquistado pelo Palmeiras, na vitória por 1 a 0 diante do Vasco, mas deixou claro que o time fez de tudo que estava a seu alcance. "Fizemos um grande jogo. Sabemos da dificuldade de vencer o Cruzeiro em casa e conseguimos. Fizemos nossa parte, mas infelizmente o título não veio. Seguimos com ambição de conquistar o máximo de pontos possíveis", falou.

Na despedida do Brasileirão, no próximo domingo, o Flamengo vai receber o Atlético-PR no Maracanã. Vai ser a última partida em 2018 diante de sua torcida, que este ano não festejou nenhum título. Nem Carioca, nem Libertadores, nem Copa do Brasil e nem Brasileirão.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.