Érico Leonan|São Paulo FC
Érico Leonan|São Paulo FC

Dorival trabalha base do São Paulo enquanto aguarda reforços para 2018

Treinador pretende dar mais espaços a jovens atletas do clube tricolor na próxima temporada

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

28 de novembro de 2017 | 11h21

As boas atuações de Brenner, Thomaz e Shaylon na vitória do São Paulo sobre o Coritiba deixaram a comissão técnica de Dorival Junior confiante para dar mais espaço a jovens atletas em 2018. Enquanto aguarda reforços para a próxima temporada, a tendência é que o treinador dê mais oportunidades a jogadores da base, como Paulo Boia e Bissoli (atacantes), Gabriel e Igor Gomes (meio-campistas) e Liziero (volante).

Organizada do São Paulo faz convocação em homenagem a Lugano: '60 mil no Morumbi'

Ainda que o clube tenha poucas perspectivas de grandes investimentos em contratações para o ano que vem, Dorival pediu reforços de peso para "mudar o perfil" do São Paulo em 2018. "Jogadores do nível de Petros e Hernanes", explicou Dorival, que quer mesclar a experiência de atletas deste perfil com o talento das promessas da base tricolor. 

"Cotia tem grandes talentos, e se o Dorival optar pela garotada tenho certeza de que será bom para o grupo", avalia o atacante Brenner, que fez sua estreia como titular diante dos paranaenses na vitória de domingo. 

O São Paulo negocia com o Bahia a vinda do goleiro Jean, mas uma eventual transferência só deve acontecer depois do dia 9 de dezembro, data da eleição presidencial do clube de Salvador. Outro provável reforço do time tricolor é o lateral Reinaldo, que atua emprestado à Chapecoense até dezembro.

Por enquanto, o clube não anunciou oficialmente a contratação de nenhum jogador para a próxima temporada, nem a renovação de contrato de peças importantes do time do São Paulo, como Edimar e Jucilei, que têm contrato até dezembro. Apenas Morato, que se recupera de cirurgia, teve sua renovação oficializada até agora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.