Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação

Dorival vê postura 'inaceitável' do Vasco em 1.º tempo contra o Atlético-MG

Técnico critica atuação do time, que levou dois gols no primeiro tempo e não conseguiu se recuperar

AE, Agência Estado

23 de setembro de 2013 | 11h57

BELO HORIZONTE - O técnico Dorival Júnior criticou de forma contundente a atuação do Vasco no primeiro tempo do jogo contra o Atlético-MG, que venceu o rival carioca por 2 a 1, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, depois de ter marcado os seus dois primeiros gols em apenas 18 minutos.

"Foi inaceitável a nossa postura, a forma como entramos em campo. Foi o pior primeiro tempo desde que aqui estou. Em razão disso depois tivemos trabalho para tirar a diferença, pois o Atlético tem uma grande equipe", analisou o comandante.

O treinador, porém, evitou mostrar pessimismo ao comentar a situação do Vasco, que amarga a antepenúltima posição do Campeonato Brasileiro, com 24 pontos, três atrás de São Paulo e Flamengo, primeiros times fora da zona do rebaixamento hoje.

"Estou tranquilo, uma recuperação só depende das forças do Vasco, não depende de mais ninguém, o que precisamos é concentrar essas forças para que melhoremos em busca de vitórias na competição e voltemos a ter um equilíbrio em toda equipe", completou Dorival, exibindo confiança em uma reação na competição nacional.

"O Vasco vem enfrentando problemas em todos os aspectos, emocionalmente sinto a equipe um pouco abalada, mas vamos recuperar essa equipe. O Vasco já mostrou poder de reação dentro do próprio campeonato, e isso não pode ser diferente daqui pra frente", projetou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.