JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Dorival volta da Europa e fica perto de acertar retorno ao Santos

Vagner Mancini é a outra opção do presidente Modesto Roma Júnior

SANCHES FILHO, O Estado de S. Paulo

09 Março 2015 | 20h56

Dorival Júnior desembarcou em Florianópolis na manhã desta segunda-feira, vindo da Europa, e pode definir o seu futuro já nesta terça. O treinador, que está sem emprego desde que deixou o Palmeiras em dezembro, é um dos principais cotados para substituir Enderson Moreira no comando do Santos - Vagner Mancini é a outra opção do presidente Modesto Roma Júnior.

O dirigente santista indicou nesta segunda que o retorno de Dorival ao Santos está próximo, mas garantiu que o nome do novo treinador do time será anunciado apenas depois do clássico com o Palmeiras, quarta, na Vila Belmiro. Marcelo Fernandes e Serginho Chulapa dirigem o time pela segunda vez no jogo contra o rival da capital.

Dorival afirmou nesta segunda que ainda não conversou com o Santos, mas consta que já teria concordado com a proposta apresentada através de sua assessoria - salário de R$ 200 mil -, mas pediu as contratações também do preparador físico Celso Resende e de mais dois auxiliares técnicos de sua confiança.

O argumento dos dirigentes para não concordar com a contratação dos três auxiliares de Dorival é que Santos tem uma comissão técnica permanente, formado pelos auxiliares técnicos Marcelo Fernandes, Serginho Chulapa e Edinho (filho de Pelé) e os preparadores físicos Carlito Macedo, Marco Alejandro e Fernando Fernandez. É possível que haja um acordo para que o treinador leve um auxiliar.

O nome de Dorival foi aprovado na reunião do Comitê de Gestão da quinta-feira passada, horas depois da saída de Enderson, por se enquadrar no teto salarial do clube para treinador.

A preferência por Dorival tem explicação. Em 2010, o treinador conseguiu formar um time forte, que logo em seguida conquistaria o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil, com a base que por pouco não caiu para a Série B do Campeonato Brasileiro com Vanderlei Luxemburgo em 2009. Este time era liderado pelos famosos Meninos da Vila, com Neymar à frente, além de Paulo Henrique Ganso, André e Wesley. O experiente Robinho dava experiência ao jovem grupo.

Mais conteúdo sobre:
futebol Santos FC Dorival Júnior

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.