Dortmund marca no fim e empata com Shakhtar na Copa dos Campeões

Apesar do apoio da torcida, time ucraniano não conseguiu a vitória no 1º jogo das oitavas

AE, Agência Estado

13 de fevereiro de 2013 | 19h49

DONETSK - Com gol no fim, o Borussia Dortmund arrancou o empate com o Shakhtar Donetsk por 2 a 2 nesta quarta-feira e evitou um revés fora de casa, na Ucrânia, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. O zagueiro Hummels foi o responsável pelo gol de empate aos 42 minutos do segundo tempo.

O empate deixou os alemães em situação mais favorável, afinal os gols marcados fora de casa servem como critério de desempate no confronto. Uma vitória simples no jogo da volta, no dia 5 de março, na Alemanha, garante o atual bicampeão alemão na próxima fase da competição europeia.

Recheado de brasileiros, o time da casa começou ditando o ritmo da partida. Alex Teixeira e Luiz Adriano lideravam o setor ofensivo, reforçado pelo compatriota Taison, ex-Internacional, contratado recentemente. Fernandinho, no meio-campo, completava o elenco brasileiro entre os titulares.

Apesar do domínio inicial do Shakhtar, era o Borussia quem levava maior perigo nas suas poucas investidas. Depois de ameaçar o gol ucraniano aos 7 minutos, o time alemão acertou o travessão aos 16, em cabeçada de Hummels.

Mas a bola só balançou as redes mesmo em lance dos anfitriões. Em cobrança de falta despretensiosa, Srna acertou no meio do gol. Mal posicionado, o goleiro Weidenfeller não conseguiu fazer a defesa e acabou sofrendo o gol, aos 30 minutos.

O empate veio antes do intervalo. Aos 40, o atacante Lewandowski, artilheiro do Borussia na temporada, recebeu dentro da área e contou com vacilo de dois marcadores para ajeitar a bola na marca do pênalti e bater no canto direito do goleiro Pyatov.

Mais lento, o segundo tempo teve poucos atrativos nos primeiros minutos. A torcida só se empolgou quando Douglas Costa, que acabara de entrar no lugar de Taison, recebeu lançamento em profundidade e mandou para as redes.

A vitória parecia encaminhada até os 42 minutos, quando o Borussia teve uma cobrança de escanteio. A bola, levantada na área, "encontrou" a cabeça de Hummels, que mandou para as redes e arrancou o empate fora de casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.