José Patrício/AE
José Patrício/AE

Dracena cobra atenção do Santos na segunda semifinal

Zagueiro espera que equipe santista use jogo no Morumbi como lição para não ser surpreendida em casa

AE, Agência Estado

12 de abril de 2010 | 13h33

A reação são-paulina no segundo tempo do clássico de domingo serve de alerta para o Santos, apesar da vitória por 3 a 2 no primeiro confronto das semifinais do Campeonato Paulista. O time da Baixada abriu 2 a 0 no primeiro tempo, mas cedeu o empate para um adversário que atuava com um jogador a menos, já que Marlos foi expulso na etapa inicial.

Veja também:

linkLéo diz que semifinal do Paulistão está indefinida

linkJOGO - Leia como foi São Paulo 2x3 Santos

blog  Quais clubes farão a final do Paulistão?

forum  BLOG BATE-PRONTO - Santos tremeu, mas foi o São Paulo que dançou

Para o zagueiro Edu Dracena, a situação serve de aprendizado para o segundo confronto, no próximo domingo, na Vila Belmiro, e mostra que, apesar do Santos poder ser derrotado por um gol de diferença para avançar à final do Paulistão, o confronto está indefinido.

"Foi uma grande jogo e a gente esperava isso. Começamos melhor, mas depois o São Paulo cresceu, mesmo com um jogador a menos. E isso prova que a decisão está aberta e precisamos ter atenção para não sermos surpreendidos", afirmou Dracena, em entrevista à TV Globo, prevendo que a definição de um dos finalistas do Paulistão será emocionante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.