Divulgação
Divulgação

Edu Dracena quer Palmeiras sem deixar o adversário respirar

Defensor espera reação imediata após tropeço contra o Atlético-MG

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

28 de julho de 2016 | 18h45

Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras não quer que a derrota em casa para o Atlético-MG, na última rodada, faça com que a equipe acabe caindo de rendimento. O zagueiro Edu Dracena espera que o time mostre força já na partida contra o Botafogo, domingo, às 18h30, no estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro.

"A cada jogo, estamos em uma crescente. O último em casa não foi como gostaríamos, mas está dentro de um contexto. A gente sabe que vai ter uma oscilada, mas temos que manter a regularidade de antes do jogo contra o Atlético-MG. Marcando em cima e sem deixar respirar. Quando tivermos a bola, precisamos sair rápido no contra-ataque", falou o defensor palmeirense.

Edu ainda destaca para o fato de que o Botafogo também entrará em campo pressionado, já que está na zona de rebaixamento. "A pressão é dos dois lados. Tanto para o Palmeiras manter a liderança como do Botafogo para sair de uma situação adversa. Acredito que é mais difícil enfrentar uma equipe desse jeito do que um confronto com o Atlético-MG", analisou.

O elenco do Palmeiras treinou nesta quinta-feira, na Academia de Futebol, e a novidade foi a presença do meia Moisés no gramado, o que aumenta a chance dele atuar contra o Botafogo. O jogador se machucou na partida contra o Santos, dia 12 de julho, quando saiu com dores na coxa direita. Nesta quinta, ele treinou normalmente e passa a ser o favorito a ficar com a vaga de Tchê Tchê, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.