Kerim Okte/EFE
Kerim Okte/EFE

Drogba brilha e classifica Chelsea na Liga dos Campeões

Atacante marfinense foi destaque com dois gols marcados e uma assistência para o brasileiro Ramires

AE, Agência Estado

06 de dezembro de 2011 | 19h42

LONDRES - Com um verdadeiro show do atacante Didier Drogba, o Chelsea conseguiu nesta terça-feira a classificação às oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. E como um bônus, o time inglês avançou como o primeiro colocado do Grupo E. Com dois gols e uma assistência para o volante brasileiro Ramires, o marfinense comandou a vitória sobre o Valencia por 3 a 0, no estádio Stamford Bridge, em Londres.

Com o resultado, o Chelsea afastou o perigo da desclassificação ainda na fase de grupos e conseguiu o primeiro lugar da chave, com 11 pontos. Isso porque o Bayer Leverkusen, que só precisava de uma vitória sobre o lanterna e já eliminado Genk, ficou apenas no empate por 1 a 1, em jogo disputado na Bélgica. Assim, ficou em segundo lugar, com 10 pontos, dois à frente do Valencia, que teve uma vaga na fase eliminatória da Liga Europa como consolação.

O show de Drogba começou logo nos primeiro minutos. Aos 3, o atacante marfinense entrou na área pelo lado esquerdo e chutou cruzado e rasteiro para abrir o placar. O goleiro brasileiro Diego Alves ainda tocou na bola, mas não a impediu de entrar no gol. Aos 21, em rápido contra-ataque puxado desde o campo de defesa, Drogba avançou com a bola e tocou na área para Ramires, que ganhou do zagueiro e fez o segundo gol.

Na segunda etapa, com o Valencia não demonstrando qualquer força para tentar o empate que lhe serviria para se classificar, o Chelsea administrou as ações do jogo e, com maior posse de bola, chegou ao terceiro gol, novamente com Drogba, aos 31 minutos. Pouco tempo depois, o marfinense foi substituído e ovacionado por todos os torcedores presentes ao estádio.

Na Bélgica, o Bayer Leverkusen não conseguiu a vitória que pretendia para ir às oitavas de final como primeiro colocado e, assim, ter vantagem de decidir a vaga em casa. Vossen abriu o placar para o Genk, aos 30 minutos do primeiro tempo. Na segunda etapa, Derdiyok empatou aos 34.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.