Drogba diz que derrota para a Argentina serviu como lição

A derrota por 2 a 1 para a Argentina, no sábado, em Hamburgo, na estréia em Copas do Mundo foi um golpe doloroso, mas também foi uma lição aprendida pelos jogadores da Costa do Marfim. Segundo os marfinenses, a sua seleção teve domínio em alguns índices de estatística e teve várias chances de gol que não foram aproveitadas."Nós tivemos várias chances, mas não conseguimos transformá-las em gol. Esta é a diferença de um grande time para um time pequeno como nós", disse Didier Drogba, autor do gol marfinense no final do jogo. "De que isto adiantou (o gol que marcou)? Futebol não é um esporte individual, nós ganhamos e perdemos como um time. Nós perdemos o jogo e é isto o que interessa. Vamos nos lembrar desta lição", completou.A Costa do Marfim volta a campo na próxima sexta-feira (16), quando enfrenta a Holanda, em Stuttgart. No mesmo dia, a Argentina abre a rodada do Grupo C contra a Sérvia e Montenegro, em Gelsenkirchen.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.