Drogba é mais um jogador que deseja sair do Chelsea

Jogador marfinense estaria chateado com saída do técnico José Mourinho; Real Madrid e Milan interessados

11 de outubro de 2007 | 16h17

Aos poucos, o império do russo Roman Abramovich desmorona. Depois da saída do técnico português José Mourinho, o dono do Chelsea convive com as ameaças de saída de alguns de seus principais jogadores, como o capitão Johan Terry e, agora, o ataque Didier Drogba.   Drogba estaria insatisfeito com o esquema conservador do time, que fez com que o poder ofensivo ficasse aquém do esperado. Além disso, o jogador da Costa do Marfim teria propostas vantajosas do Real Madrid, Bayern de Munique e Milan.   "O Drogba é muito desejado. Eu já recebi várias ligações dos clubes mais importantes da Europa para saber quais são as condições para contar com o futebol dele", disse o empresário do jogador, Etienne Mendy.   O atacante marfinense teria ficado muito triste com a saída do técnico José Mourinho, entrando em conflito com o dono do time, o russo Roman Abramovich. O jogador, inclusive, recusou a renovação de contrato proposta, que lhe daria 200 mil euros mensais (aproximadamente R$ 570 mil).

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato InglêsChelsea

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.