Drogba e Ricardo Carvalho voltam para tirar Chelsea de crise

Mesmo com a crise entre o técnico Jose Mourinho e a diretoria do Chelsea, os ´blues´ têm uma boa notícia para o jogo de sábado contra o Wigan, no Stanford Park. O atacante Didier Drogba e o zagueiro Ricardo Carvalho voltam ao time após cumprirem suspensão. O adversário vem de seis derrotas consecutivas no Campeonato Inglês e o Chelsea tem tudo para continuar na cola do líder Manchester United. O zagueiro John Terry ainda fica de fora e o lateral-esquerdo Ashley Cole cumpre suspensão. Seu substituto deve ser Wayne Bridge, que atuou bem na posição no empate de 1 a 1 contra o Wycombe em jogo válido pela Copa da Liga da Inglaterra. Aliás, Bridge foi o altor do gol dos ´blues´.Aliás, falando no primeiro colocado da competição, o Manchester United terá uma novidade entre os titulares na partida de sábado, no Old Trafford, contra o Aston villa: o atacante sueco Henrik Larsson.O veterano jogador que fez história no Celtics e foi campeão na última da Liga do Campeões pelo Barcelona foi escalado por Alex Ferguson, que gostou muito da estréia do sueco, contra o mesmo Aston Villa na vitória dos ´diabos vemelhos´ por 2 a 1 em jogo válido pela Copa da Inglaterra. Em sua estréia, Larsson fez o primeiro gol do jogo e o seu primeiro com a camisa do Manchester. Embalado pela goleada aplicada no Liverpool pela Copa da Liga Inglesa, o Arsenal tem mais uma boa notícia. Emmanuel Adebayor está a disposição do treinador Arsène Wenger para a partida de domingo contra o Blackburn Rovers, fora de casa. O atacante ganês volta de uma contusão na vitória por 6 a 2 contra o mesmo Blackburn. Mesmo com a nova opção para formar a dupla de ataque com o francês Thierry Henry, Wenger também pode contar com o brasileiro Julio Baptista, que não vinha sendo muito aproveitado pelos ´gunners´, mas que marcou quatro dois seis gols da vitória por 6 a 3 contra o Liverpool na última terça-feira.Uma vitória pode deixar os ´gunners´ empatados em pontos com o mesmo Liverpool, que não perdia uma partida por seis gols jogando em sua casa desde 1920. "Desde 1946 um jogador não fazia quatro gols em um mesmo jogo no estádio do Liverpool. A repercussão foi incrível e eu fiquei muito feliz", disse um empolgado Julio Baptista. Já no Liverpool a semana foi pesada para os pupilos do treinador Rafael Benitez, que após a goleada sofrida pela Arsenal em casa pediu desculpas à torcida. Porém, agora o técnico só pensa no título do Campeonato Inglês. "O Liverpool não levanta uma taça da Premier League há 17 anos. Qual você acha que é a nossa prioridade no momento?", disse Benitez em um texto publicado no site do clube.Na 22.ª rodada da competição, o Liverpool conseguiu uma importante vitória de 3 a 0 contra o Bolton - que vem fazendo um bom papel neste ano e está em quinto na classificação - e sábado tem a grande chance de se redimir da vergonha que passou na última terça-feira, pois mesmo jogando fora de casa, pega o lanterna Watford, que só venceu um jogo no campeonato.

Agencia Estado,

12 de janeiro de 2007 | 15h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.