Dualib adia retorno para o Brasil

O presidente do Corinthians, Alberto Dualib adiou sua volta ao Brasil por bons motivos. O dirigente, acompanhado pelo empresário Renato Duprat, foi da Inglaterra para Israel atrás de dinheiro e da promessa de um novo estádio. O dirigente ainda está em guerra aberta contra Kia Joorabchian. Renato Duprat ? que levou a MSI e o próprio Kia ao Parque São Jorge ? está usando a amizade que possui com os investidores do fundo e promovendo o encontro de Dualib com eles. O presidente do Corinthians não se cansa de falar da necessidade de afastar Joorabchian da gerência dos negócios da MSI no Brasil. Do Brasil, Kia tem rastreado por telefone toda a movimentação de Dualib. E sabe que o presidente jurou brigar na Fifa para que, se a parceria for mesmo rompida, ficar com os jogadores. Mas Kia reagirá apoiando outro candidato à sucessão de Dualib nas eleições em 2006.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.