Dualib defende Kia na Polícia Federal

O iraniano Kia Joorabchian esteve na manhã desta segunda-feira na Polícia Federal, em São Paulo, para explicar sua situação no País. À tarde foi a vez do presidente do Corinthians, Alberto Dualib, se ouvido na PF, onde foi para defender o presidente da MSI das insinuações de irregularidades feitas contra ele."O problema do Kia é com o Brasil e com a Polícia. Estamos fazendo tudo dentro da lei", disse Dualib, que esteve acompanhado do presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Marco Polo del Nero. Segundo o presidente do Corinthians, o iraniano não assinou transações feitas pela MSI. "Nós é que decidimos", jurou Dualib, ao confirmar que Kia dá o dinheiro e ele assina a papelada. "É exatamente isso que ocorre."

Agencia Estado,

14 de fevereiro de 2005 | 20h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.