Washington Alves/ Reuters
Washington Alves/ Reuters

Dudamel tem problemas para escalar a zaga da Venezuela para duelo com a Bolívia

Equipes se enfrentam neste sábado, às 16h, no Mineirão, pela terceira rodada do Grupo A

Redação, Estadao Conteudo

21 de junho de 2019 | 19h02

Após dois empates sem gols na Copa América, o técnico Rafael Dudamel anunciou, nesta sexta-feira, problemas para escalar a zaga da Venezuela para o jogo deste sábado, diante da Bolívia, pela terceira rodada do Grupo A, às 16 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte.

O zagueiro Mikel Villanueva, que jogou com febre diante do Brasil, na terça-feira passada, não participou dos últimos dois treinamentos da equipe e sua escalação não é certa para o jogo derradeiro da equipe na primeira fase.

Villanueva foi um dos melhores do time venezuelano nas duas partidas, quando formou dupla com Yordan Osorio, no primeiro duelo, diante do Peru, e com Jhon Chancellor, frente aos anfitriões do torneio.

Apesar dos problemas, Dudamel afirmou que o grupo "está bem", recuperado do desgaste físico após duas partidas "bastante duras". "Agora devemos dar uma demonstração de hierarquia, um passo adiante. Não podemos falhar", afirmou o treinador, em entrevista coletiva, nesta sexta-feira, confiante em obter uma vaga nas quartas de final.

A falta de gols na competição não assusta Dudamel, que lembrou da vitória (3 a 0) sobre os Estados Unidos, em território norte-americano, no último amistoso antes do início da Copa América. "Viemos de fazer três gols nos Estados Unidos, produto de um bom jogo coletivo."

Com dois pontos, os venezuelanos estão em terceiro na chave, atrás de Brasil e Peru, que somam quatro pontos cada. Os venezuelanos podem terminar em primeiro, caso vençam a Bolívia por quatro gols de diferença e brasileiros e peruanos fiquem no empate. De qualquer forma, avançam com qualquer triunfo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.