Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Dudu admite que título do Palmeiras está distante: 'Cada vez mais difícil'

Alviverde empatou por 1 a 1 com o Athletico-PR e viu o Flamengo abrir dez pontos de vantagem na ponta

João Prata, O Estado de S.Paulo

20 de outubro de 2019 | 21h38

O sentimento entre os jogadores do Palmeiras era de derrota após o empate por 1 a 1 com o Athletico-PR neste domingo na Arena da Baixada pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. A 11 jogos do fim da competição, a distância para o líder Flamengo subiu agora para dez pontos.  

"Está cada vez mais difícil. Eles (Flamengo) vão abrindo... Mas enquanto tivermos chances não podemos desistir. Vamos continuar lutando e batalhando até o final", lamentou o atacante Dudu. Autor do gol palmeirense na partida, Deyverson seguiu discurso semelhante. “Demos o máximo até o último suor, mas a vitória não veio. Dez pontos é muita coisa, mas a gente acredita pela equipe que a gente tem.”

A campanha do Palmeiras não é ruim no Brasileirão. O time tem 66,6% de aproveitamento dos pontos. O problema é que o Flamengo embalou uma sequência impressionante de 13 vitórias em 14 partidas e tem desempenho de 79%. 

Deyverson tentou manter a esperança no discurso, mas reconheceu o bom momento do rival pela taça. "A equipe do Flamengo é muito qualificada, vive um bom momento como a gente viveu no ano passado. Não podemos abaixar a cabeça. Futebol do dia para a noite muda. Temos que ficar focados, trabalhar para a gente, para a torcida e nossos familiares. Estamos em segundo, não estamos longe, é seguir trabalhando", analisou o atacante.

O Palmeiras está em segundo lugar com 54 pontos e o Flamengo ocupa a liderança com 64. O time alviverde tem a semana livre para treinar e volta a campo no domingo, contra o lanterna Avaí, fora de casa. O time rubro-negro tem a volta da semifinal da Libertadores contra o Grêmio na quarta-feira e no Brasileirão receberá o CSA, domingo, no Maracanã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.