Dudu Cearense também critica declarações de Putin

Volante do CSKA acompanha companheiro de clube, Vágner Love, e repudia frase racista de presidente russo

03 de outubro de 2007 | 22h20

O volante brasileiro Dudu Cearense acompanhou seu companheiro no CSKA Moscou, Vágner Love, e afirmou nesta quarta-feira que discorda do presidente russo Vladimir Putin, que na terça disse que seu país valoriza os atletas estrangeiros de forma excessiva.  Veja também: Vágner Love rebate declarações de Putin sobre estrangeiros "Olhando para nossas equipes, pode haver quem não compreenda imediatamente se elas são nossas ou de um time da África. O resultado é bem conhecido. Não há ninguém para jogar em nossos times nacionais", disse o presidente russo. Dudu Cearense discorda de Putin, afirmando que a chegada de atletas estrangeiros valorizou os times da Rússia no cenário internacional.  "Com a contratação de jogadores de diversos países, principalmente do Brasil, os clubes russos passaram a ser mais respeitados nas competições internacionais. Prova disto foi o título da Copa da Uefa que o CSKA conquistou em 2005, primeira competição européia conquistada por uma equipe do país em toda a história", concluiu o volante.

Tudo o que sabemos sobre:
Dudu CearenseVladmir Putinracismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.