Rafael Ribeiro/vasco.com.br
Rafael Ribeiro/vasco.com.br

Dudu revela emoção da família após estreia como titular do Vasco

'Dia especial', afirma o meia de 20 anos, que participou da vitória sobre o Madureira

Redação, Estadão Conteúdo

22 de janeiro de 2019 | 19h46

Três dias depois de fazer sua estreia como titular entre os profissionais do Vasco, o jovem Dudu concedeu nesta terça-feira sua primeira entrevista coletiva, antes do treino da equipe. O meia de 20 anos admitiu que a vitória sobre o Madureira no sábado ficará marcada em sua carreira e revelou que dividiu a emoção com seus familiares.

"Jogar pela primeira vez como titular do profissional foi a realização de um sonho. Estou desde pequeno no clube e chegar ao time de cima era algo que sempre almejei. Foi um dia especial não só para mim, mas para minha família e todos que estiveram comigo durante essa caminhada. Minha mãe chorou muito quando encontrou comigo em casa depois do jogo. Foi bastante emocionante", declarou.

Dudu agora vive a expectativa de ser utilizado novamente na quarta-feira, quando o Vasco recebe o Volta Redonda em São Januário, pela segunda rodada do Carioca. E para ter sucesso com a camisa cruzmaltina, o jogador se espelha em dois ídolos: Juninho Pernambucano e Ramon, atual auxiliar de Alberto Valentim no clube.

"Eu gosto muito de dois jogadores que passaram pelo Vasco: o Juninho Pernambucano e o Ramon. Eu vejo muitos vídeos dos dois e sei que ambos construíram uma carreira muito boa aqui dentro do clube. Agora, estou tendo a chance de estar junto com o Ramon, e ele é um cara sensacional. Está sempre procurando ajudar todo mundo, principalmente na questão de bater falta. É um cara que dispensa comentários", considerou.

Com carreira bem mais estabelecida do que a de Dudu, o zagueiro Leandro Castán celebrou o fato de a defesa vascaína passar em branco na estreia da temporada. Agora, o jogador de 32 anos espera contar com a força da torcida vascaína para que o time busque nova vitória na quarta.

"Jogar em casa é sempre bom, e sabemos que São Januário é o nosso 'caldeirão'. Esperamos que o torcedor compareça para nos ajudar em todas as partidas da temporada, dessa forma nos tornaremos mais fortes, ficará mais fácil vencer as partidas. Estamos focados no objetivo de ganhar o Carioca, o primeiro campeonato que temos pela frente, então iremos procurar fazer um grande jogo e sair de campo com os três pontos", disse em entrevista ao site do clube.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.