Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Duelo de 2004 contra o Rosario resgatou espírito de decisão tricolor, diz Grafite

Ex-atacante do São Paulo relembra vitória na Libertadores de 2004 para motivar time de Diego Aguirre, que enfrenta os argentinos na quarta

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

08 Maio 2018 | 11h43

A disputa das oitavas de final da Libertadores de 2004 entre São Paulo e Rosario Central foi crucial para renovar o espírito de decisão do time tricolor, na avaliação do ex-atacante do clube, Grafite. Depois de perder por 1 a 0 na Argentina, a equipe então comandada por Cuca saiu perdendo em casa, mas virou o jogo por 2 a 1. Nos pênaltis, Rogério Ceni brilhou e o time do Morumbi saiu vitorioso por 5 a 4.

Anderson Martins pede São Paulo focado para evitar erros diante do Rosário Central

O encontro de 14 anos atrás é usado como referência para o atual time do São Paulo, que enfrenta justamente o Rosario Central nesta quarta para tentar avançar à 2ª fase da Copa Sul-Americana depois de empatar sem gols no primeiro jogo. Grafite, autor de um dos gols da vitória tricolor em 2004, torce por uma classificação nesta quarta, e aposta no protagonismo de Diego Souza.

“Torço muito pelo sucesso do Diego Souza e tenho uma admiração por ele. Nunca jogamos juntos, mas sempre ouvi boas referencias sobre ele. E tomara que ele possa ser um grande protagonista neste jogo contra o Rosario, como fui em 2004. Que ele conduza o Tricolor, e o time faça uma boa partida para conquistar a classificação”, analisou, ao site oficial do clube.

Ele relembra que, naquele ano, o São Paulo não foi campeão, mas o esírito decisivo renovado foi importante para as conquistas da temporada seguinte, quando o time chegou ao topo da América e depois do mundo. “Chegamos até a semifinal e perdemos para o Once Caldas, que foi campeão. Mas o jogo contra o Rosario resgatou o espírito de decisão do São Paulo, de luta, assim como em 1992 e 1993. Ganhamos força para o restante da temporada e, depois, para conquistar os títulos de 2005.”

São Paulo e Rosario Central se enfrentam no Morumbi nesta quarta às 21h45. Com o empate sem gols fora de casa, qualquer empate com gols classifica o Rosario Central. Se o jogo terminar novamente empatado em 0 a 0, a decisão vai para os pênaltis. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.