Divulgação
Divulgação

Duelo deste domingo entre Messi e Cristiano engaja patrocinadores

Para o clássico, marcas preparam novas chuteiras para os astros

Igor Ferraz, O Estado de S. Paulo

21 Março 2015 | 15h24

Além dos valiosos três pontos para a liderança do Campeonato Espanhol, o clássico entre Barcelona e Real Madrid deste domingo também terá muita coisa em jogo para os patrocinadores. O mundo do futebol estará de olho nos pés dos astros Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, que irão desfilar com suas novas chuteiras, apimentando o duelo fora das quatro linhas.

O craque argentino já estreou sua nova chuteira no jogo contra o Manchester City, na última quarta-feira. Ela faz alusão à infância de Messi, quando jogava nos campos do bairro de Las Heras, em Rosário, sua cidade natal. Por isso, recebeu o nome de 'Pibe de Barr10' (garoto de bairro).

"Eu deixei Rosário quando era jovem, mas continuo com meu povo, minha vizinhança. Tem muito a ver com minha vida, minha infância e muito a ver comigo", afirmou Messi ao anunciar o novo equipamento em suas redes sociais. Se depender da estreia, quando teve apresentação de gala contra o Manchester City pela Liga dos Campeões, a nova chuteira caiu como uma luva nos pés do craque. Na partida, o argentino abusou de sua condição técnica e fez até o ex-comandante, Pep Guardiola, hoje no Bayern de Munique, vibrar com seus lances.

Enquanto isso, a Nike, patrocinadora oficial de Cristiano Ronaldo e concorrente da Adidas, de Messi, nessa guerra de imagens e produtos, também entrou em campo e preparou um novo equipamento para o português: a Mercurial Superfly CR7.

A chuteira, projetada para garantir velocidade e dinâmica, de acordo com suas especificações técnicas, adota a cor prateada, em referência aos recentes troféus ganhos pelo atacante, como, por exemplo, os de melhor jogador da Europa e da Liga dos Campeões. Ela também possui uma 'gola' ao redor do tornozelo que visa dar mais estabilidade e um logotipo com a sigla CR7, na cor laranja. O português apenas treinou com o novo calçado, para estreá-lo neste Barcelona e Real Madrid.

As duas empresas, porém, vivem um paradoxo com relação aos clubes de seus patrocinados. A Adidas, de Messi, patrocina o Real Madrid, enquanto a Nike, de Cristiano, assina o material esportivo do Barcelona. Por isso, as marcas preferem explorar a imagem dos craques em suas seleções nacionais, afinal, a Argentina é patrocinada pela Adidas e Portugal recebe apoio da Nike. Quando surgiram os rumores de que Messi estaria insatisfeito no Barcelona, também comentou-se em um grande interesse da empresa alemã para que o meia mudasse de time. Mas nada foi confirmado.

TALENTO E DINHEIRO

Segundo levantamento feito pelo pesquisador alemão Peter Rohlmann e publicado no diário britânico Daily Mail, Cristiano Ronaldo é o futebolista mais bem pago por fornecedores de material esportivo do mundo. De acordo com o estudo, ele ganha o equivalente a R$ 52 milhões por ano em seu contrato com a Nike, aproximadamente a mesma quantia que recebe de salário no Real Madrid.

O contrato de Messi com a Adidas gira em torno de R$ 50,2 milhões anuais, cerca de R$ 10 milhões a menos do que recebe do próprio Barcelona. O terceiro jogador de futebol mais bem pago em contratos de patrocínio em material esportivo é o brasileiro Neymar, que ganha, por ano, R$ 35,6 milhões da fabricante estadunidense. Toda essa disputa de marcas e de craques só faz deste Barcelona e Real Madrid um clássico para ser acompanhado, principalmente por quem gosta de futebol bem jogado. O jogo está marcado para as 17h (horário de Brasília) deste domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.