Peter Powell/EFE
Peter Powell/EFE

Duelo em Manchester definirá ressurgimento do United ou ascensão do Sevilla

Em momentos opostos, clubes definem vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões

O Estado de S.Paulo

13 Março 2018 | 09h37

Classificado para o mata-mata da Liga dos Campeões pela primeira vez nas últimas quatro edições, o Manchester United quer confirmar o próprio ressurgimento em âmbito continental e para isso terá de eliminar nesta terça-feira em Old Trafford o Sevilla, que tenta se colocar como potência europeia.

+ Técnico do Sevilla elogia, mas promete quebrar embalo do United

+ Recuperado, Iniesta treina e pode enfrentar o Chelsea, na quarta

Na luta por uma vaga nas quartas de final, os dois times fizeram jogo morno e empataram em 0 a 0 no estádio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilha. Dessa forma, uma igualdade com gols em Manchester classificará os visitantes, e, se houver um vencedor na partida, este se colocará entre os oito melhores.

Em comum, as duas equipes têm os êxitos recentes na outra grande competição interclubes da Uefa, a Liga Europa. Fora da fase final da Liga dos Campeões desde 2014, ano em que foram eliminados pelo Bayern de Munique nas quartas, os 'Diabos Vermelhos' foram campeões do segundo torneio em importância na última temporada, sucedendo justamente o Sevilla, que vinha de três conquistas seguidas.

Maior vencedor da história da Liga Europa e suas precursoras, com cinco taças, o time espanhol sonha ir às quartas da Liga dos Campeões pela primeira vez desde a temporada 1957/1958, quando foi derrubado pelo Real Madrid.

Na luta pela classificação, o United aposta no bom retrospecto em casa. Nesta temporada, a equipe dirigida pelo técnico José Mourinho perdeu apenas uma vez jogando em Old Trafford, para o rival Manchester City por 2 a 1 pelo Campeonato Inglês.

Além disso, os pupilos do treinador português vêm de três vitórias seguidas no Campeonato Inglês, contra Chelsea, Crystal Palace e Liverpool, consolidando-se na vice-liderança.

Mourinho não contou no treino desta segunda com os zagueiros Marcos Rojo e Phil Jones, o lateral-esquerdo Daley Blind nem os meias Ander Herrera e Paul Pogba, que dificilmente estarão em campo nesta terça. No ataque, Ibrahimovic e Martial estão à disposição, mas dificilmente serão titulares depois que Rashford marcou os dois gols do triunfo por 2 a 1 sobre os 'Reds' no último sábado.

No Sevilla, Vincenzo Montella tem problemas na lateral direita. Jesús Navas, que vem sendo titular na posição, e Corchia estão machucados. Dessa forma, o treinador italiano deverá abrir Mercado e colocar Kjaer no miolo de zaga.

Prováveis escalações:

Manchester United: De Gea; Valencia, Bailly, Smalling e Young; Matic, McTominay e Mata; Sánchez, Rahsford e Lukaku. Técnico: José Mourinho.

Sevilla: Rico; Mercado, Kjaer, Lenglet e Escudero; Nzonzi, Banega e Vázquez; Sarabia, Correa e Muriel. Técnico: Vincenzo Montella.

Árbitro: Danny Makkelie (Holanda), auxiliado pelos compatrioas Mario Diks e Hessel Steegstra.

Estádio: Old Trafford, em Manchester.  /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.