Duisburg diz para Aílton procurar por outro clube

Técnico Rudi Bommer não suporta atraso de jogador brasileiro e diz que Aílton está fora do clube

Efe

04 de janeiro de 2008 | 16h06

O Duisburg disse, nesta sexta-feira, ao atacante brasileiro Aílton que busque outro clube, após não se reapresentar aos treinos depois da pausa devido ao Natal e não dar uma desculpa convincente. O anúncio foi feito pelo técnico do clube, Rudi Bommer, que afastou o jogador dos treinos posteriores. O atacante não apareceu no treino preparatório para a retomada da temporada do Campeonato Alemão e explicou depois que estava gripado. Aílton, de 34 anos, chegou ao Duisburg em julho, retornando ao Campeonato Alemão, onde já tinha defendido o Werder Bremen, o Schalke 04 e o Hamburgo. O jogador deixou o futebol brasileiro em 1998, após defender o Guarani. Além desses clubes, passou por Besiktas, Estrela Vermelha e Grasshopper. Ailton chegou a ser ídolo no futebol alemão, mas passou por problemas tanto dentro quanto fora de campo, perdendo espaço; o jogador, inclusive, chegou a ser cogitado para jogar pela seleção da Alemanha, sem sucesso.

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato AlemãoDuisburgAílton

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.