Ricardo Moraes/ Reuters
Ricardo Moraes/ Reuters

Dunga se mostra preocupado com cartão amarelo para Neymar

Após conversa, treinador pede mais calma ao atacante

ALMIR LEITE E GONÇALO JUNIOR, Estadão Conteúdo

16 de junho de 2015 | 18h05

O técnico Dunga está preocupado com a possibilidade de o atacante Neymar levar cartão amarelo na partida desta quarta-feira, contra a Colômbia. Na Copa América, duas advertências resultam em suspensão e o craque está pendurado, por ter recebido cartão no jogo com o Peru ao tentar limpar a espuma colocada pelo juiz no gramado para sinalizar uma falta.

Dunga já conversou com Neymar e pediu para que tente se controlar. Mas entende que, durante o jogo, é difícil manter a calma. Vai, porém, retomar o tema. "Desde o início temos essa preocupação, agora, dentro do calor do jogo, nem sempre é possível se manter 100% focado naquilo que nós falamos", disse Dunga. "Ele falou pro árbitro que a espuma estava no pé de apoio dele e que ele ia escorregar. Temos que conversar para que isso não aconteça novamente."

Contra os peruanos, um aspecto que irritou Neymar foi o excesso de faltas recebidas. Contra a Colômbia, há a possibilidade de um jogo duro. E Dunga também vai pedir aos jogadores que não se deixem levar por provocações ou jogadas violentas. "Eu falo para os jogadores que não podem se preocupar com isso, têm que se preocupar em jogar. Os juízes vão preservar os jogadores, isso que nos foi passado. Temos que confiar."

Ele não revelou o time que enfrenta os colombianos, embora após a partida contra o Peru tenha dado a entender que não fará alterações. Philippe Coutinho já está apto a voltar à equipe, mas o treinador não quis dizer se irá aproveitá-lo desde o início.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.