Yuri Cortez/ AFP
Yuri Cortez/ AFP

Dunga avalia Copa América como 'ótima' apesar de eliminação

'Todos nós vamos tirar muitas lições da Copa América', diz técnico

ALMIR LEITE E GONÇALO JUNIOR, Estadão Conteúdo

28 de junho de 2015 | 09h25

Após a eliminação na Copa América (empate no tempo normal por 1 a 1 e eliminação por 4 a 3 nos pênaltis), Dunga fez uma avaliação positiva da participação do Brasil, deixando bons ensinamentos para as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

"Todos nós vamos tirar muitas lições da Copa América, eliminatória é difícil, complicado, tem que jogar no limite. Muitas vezes tem que jogar no aspecto físico. Não podemos deixar de jogar no aspecto técnico. Sem a bola, marcar. Com a bola, colocar a nossa qualidade técnica", afirmou o treinador em entrevista coletiva, em Concepción.

"Acho que foi ótimo, poucos jogadores jogaram a Copa América, poucos tiveram nas eliminatórias. Vão saber o que encontrar lá na frente. Cada um se preparar individualmente e depois trabalhar coletivamente", completou o treinador.

O técnico deixa o Chile ciente de que as cobranças podem aumentar. "A pressão no Brasil sempre tem. Quando ganha, tem pressão. Quando perde, muito mais. Se estamos aqui, é porque temos condições. Tenho que trabalhar muito com minha equipe e confederação para dar resposta aos torcedores que estão tristes, assim como nós. É inútil lamentar. Temos que trabalhar muito", disse Dunga.

A seleção brasileira volta ao Brasil na manhã deste domingo em voo fretado de Concepción para São Paulo. Os próximos amistosos serão disputados em setembro contra Argentina e Estados Unidos, ambos em território norte-americano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.