Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Dunga elogia seleção e lembra que objetivo está perto

Técnico lembra que os jogadores estão juntos há 25 dias após temporada e enfrentaram fuso, jogos, clima...

AE, Agência Estado

26 de junho de 2009 | 13h46

JOHANNESBURGO -Satisfeito com a classificação da seleção brasileira para a final da Copa das Confederações, o técnico Dunga destacou nesta sexta-feira o profissionalismo dos jogadores. A seleção brasileira está reunida há 25 dias, já que antes de ir para a África do Sul disputou jogos pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010.

Veja também:

linkTorcedores não podem falar alto durante treino do Brasil

linkMaicon é um dos principais temores de capitão dos EUA

linkDunga alega cansaço para atuação regular

linkApós gol, Daniel Alves diz que vaga é merecida

linkKaká admite dificuldade para vencer

linkBrasil vence África do Sul e está na final

Copa das Confederações 2009 - tabela Classificação

Copa das Confederações 2009 - lista Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Em nenhum momento, os jogadores reclamaram. Ao contrário, o grupo mostrou-se sempre motivado e concentrado em conseguir os objetivos. Além dos 25 dias de concentração, eles tiveram que enfrentar dificuldades de adaptação ao fuso horário, diferença de clima e seguidas viagens", elogiou.

Neste período, a equipe conseguiu seis triunfos nas seis partidas que disputou. O treinador lembrou que a seleção brasileira está a uma vitória de conquistar o título da Copa das Confederações. "Os jogadores estão de parabéns por essa campanha. O mérito maior é deles, que mereceram chegar a essa final. Agora, falta um jogo somente para realizar o objetivo de todos nós", disse.

Dunga destacou que a maioria dos jogadores estão desgastados, já que atuam na Europa, onde a temporada já está encerrada, o que inclusive teria dificultado a preparação da seleção brasileira.

"A maioria dos jogadores vem de final de temporada na Europa e já estão desgastados fisicamente. Essas mudanças desgastam ainda mais, o que obriga a comissão técnica a elaborar um planejamento de treinos que não forcem muito o grupo, para preservar as suas melhores condições", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.