Alexandre Lopes/Divulgação
Alexandre Lopes/Divulgação

Dunga esconde time, mas deve manter Scocco no Inter

Treinador terá o desfalque de Forlán, que disputou um amistoso no meio desta semana

AE, Agência Estado

17 de agosto de 2013 | 15h30

PORTO ALEGRE - O técnico Dunga decidiu apostar no mistério e não confirmou a escalação do Internacional para o jogo deste domingo contra o Atlético Mineiro, no Estádio do Vale, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro, em Novo Hamburgo. Ele explicou que o condicionamento físico dos jogadores terá importância na definição do time.

Após empatar por 3 a 3 com o Botafogo na última quinta, no Rio, os titulares só fizeram um treinamento, nesta manhã, no CT do Parque Gigante, mais voltado para a regeneração física. "Temos que observar a recuperação dos atletas. Vamos avaliar até amanhã (domingo) para tomar a decisão sobre o time", disse o treinador.

O argentino Scocco deve seguir com o titular no ataque do Inter após marcar dois gols na última quinta. Assim, o uruguaio Diego Forlán ficaria como opção no banco de reservas após retornar da seleção uruguaia, em razão do desgaste físico provocado pela viagem ao Japão, onde participou de amistoso.

Diante do Atlético-MG, o Inter não poderá contar com o zagueiro Juan, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Dunga disse que vai optar entre Alan, Romário e Alef, que integra o time Sub-23, para substituí-lo. Já o lateral-direito Ednei estás recuperado de lesão e volta a ser opção para Dunga, assim como o volante Airton, que cumpriu suspensão automática diante do Botafogo, e disputa uma vaga com Ygor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.