Marcos de Paula
Marcos de Paula

Dunga faz a primeira convocação do ano nesta quinta-feira

Treinador anuncia lista para amistosos contra França e Chile

Silvio Barsetti, O Estado de S.Paulo

04 Março 2015 | 22h09

Quase cinco meses depois da última convocação, Dunga, anuncia nesta quinta-feira, às 10 horas, a lista dos escolhidos para os primeiros amistosos do Brasil em 2015 – contra França, em Paris (dia 26), e Chile, em Londres (dia 29). Há uma expectativa pelo retorno de três jogadores que se destacaram no Brasileirão de 2014 e ficaram ausentes dos jogos com Turquia e Áustria em novembro.

Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Diego Tardelli são nomes que agradam a Dunga. Eles deixaram o País para atuar em centros de pouca tradição no futebol. Os dois primeiros, ídolos da torcida do Cruzeiro, estão hoje no Al Ahli, dos Emirados Árabes, e no Guanghzou Evergrande, da China, respectivamente. Diego Tardelli trocou o Atlético-MG pelo Shandong Luneng, outro clube chinês.

Dunga terá dois desafios este ano. A Copa América, no Chile, em junho e julho, e o início das eliminatórias do Mundial de 2018. Além disso, o técnico vai acompanhar de perto o trabalho da seleção olímpica, por enquanto sob o comando de Alexandre Gallo.

Para os amistosos contra Turquia e Áustria, em novembro de 2014, Dunga só chamou atletas em atividade fora do Brasil para não prejudicar a campanha dos clubes na reta final do campeonato nacional e da Copa do Brasil. Agora, nada o impede de reforçar o time com os locais. Jefferson, do Botafogo, e Jadson, em ótima fase no Corinthians, devem constar da relação.

Jogadores já bem conhecidos do torcedor, como Thiago Silva, Luiz Gustavo, e, claro, Neymar, são nomes certos na lista. Se for levar em consideração o recente desempenho dos chamados no final de 2014, alguns jogadores correm risco. Oscar e Filipe Luís estão mal no Chelsea, e têm ficado muito no o banco de reservas. O mesmo ocorre com Fernandinho no Manchester City. Uma surpresa pode ser Felipe Anderson, em grande fase na Lazio.

O técnico vai defender seu índice de 100% de aproveitamento desde que voltou à seleção.São seis vitórias em amistosos até agora – contra Colômbia, Equador, Argentina, Japão, Turquia e Áustria. Para Dunga, o maior desafio neste início de trabalho foi o primeiro jogo após a Copa do mundo – o Brasil venceu a Colômbia por 1 a 0.

O treinador deve aproveitar os amistosos contra França e Chile para começar a definir o grupo que disputará a Copa América. Parte da preparação da seleção brasileira para o torneio será feita na Granja Comary, em Teresópolis, na região serrana do Rio.

Mais conteúdo sobre:
Futebol Seleção Brasileira Dunga

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.