Rafael Ribeiro/Divulgação<br>
Rafael Ribeiro/Divulgação

Dunga faz mistério, mas Elias deve ser titular da seleção brasileira

Volante treina ao lado de atletas titulares e é mais cotado a ficar com a vaga no meio de campo após cortes de Fernandinho e Ramires

Raphael Ramos - Enviado especial a Pequim, O Estado de S. Paulo

08 de outubro de 2014 | 07h51

Com 22 dos 23 convocados em campo, Dunga comandou nesta quarta-feira o segundo treino da seleção brasileira em Pequim para o Superclássico das Américas, que será disputado com a Argentina no sábado. O único ausente da atividade no Olympic Sports Center Stadium foi o volante Rômulo, do Spartak Moscou, que, sem visto chinês, ainda não chegou a Pequim.

Dunga fez um treino experimental e não divulgou o time titular que começará o Superclássico, mas os indicativos são de que Elias ficará com a vaga no meio de campo depois dos cortes de Ramires e Fernandinho por lesão. O treinador dividiu os jogadores em três grupos e o volante do Corinthians atuou ao lado de Neymar, David Luiz, Filipe Luís, Oscar e Danilo, todos titulares. 

Com duas traves no meio de campo, cada uma virada para sentidos opostos, os jogadores atacavam de um lado do gramado e defendiam de outro. Enquanto isso, os atletas do terceiro time ficavam nas beiradas do campo reduzido e ajudavam a equipe que estava atacando quando a bola ia em sua direção.

O treino foi disputado em ritmo bastante intenso e durou 1h30. Os quatro atletas que desembarcaram em Pequim nesta quarta-feira (Kaká, Juan, Marcelo Grohe e Souza), horas antes da atividade, participaram normalmente do treino até o fim.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.