Dunga fica insatisfeito com erros do time brasileiro

A derrota para a seleção portuguesa por 2 a 0 nesta terça-feira deixou o técnico Dunga, do Brasil, bastante insatisfeito. Pela primeira vez ele deixou o campo após uma partida com uma derrota e identificando problemas na marcação. Algo que, com certeza, será motivo de atenção nas próximas vezes em que a seleção se reunir. Isso, se o calendário deixar."Nós levamos muitos contra-ataques, principalmente quando a bola estava no nossos pés. Tem que ter mais opção, dar mais velocidade quando se tem a bola", disse, rapidamente, ao final da partida, ainda na saída do campo do Emirates Stadium. O melhor exemplo para essa reclamação do técnico é o primeiro gols que o time sofreu, marcado em jogadas de recuperação de Portugal, por um chute errado do goleiro Helton.Dunga lembrou que a única forma de corrigir isso é com treinos, o que é difícil, devido ao calendário apertado do futebol. "Ideal seria que tivéssemos tempo para treinar, sempre temos desfalques de última hora. Mas temos tudo para trabalhar e melhorar", afirmou.O meio-campo Elano (que junto com Maicon esteve em todos os sete jogos sob o comando de Dunga) reforçou o discurso de acerto no futuro. "É triste, mas acontece. Tudo vem para a gente aprender. Tem muito trabalho pela frente e, apesar da derrota, vamos melhorar bastante"Juan saiu por precauçãoO zagueiro Juan foi substituído no intervalo por uma ameaça de contusão num lance no final do primeiro tempo. Mas, garantiu, que nada de mais grave aconteceu. "Minha coxa deu uma fisgada e foi melhor dar uma parada. Até dava para continuar, mas é melhor fazer isso, pois vamos voltar aos clubes", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.