Heuler Andrey/Mowa Press<br>
Heuler Andrey/Mowa Press

Dunga mantém base de últimos jogos e Elias ganha vaga de Ramires

Volante do Corinthians ganha chance no time titular em treino por causa das contusões do atleta do Chelsea e de Fernandinho

Raphael Ramos - Enviado especial a Pequim, O Estado de S. Paulo

09 de outubro de 2014 | 08h11

No terceiro treino da seleção brasileira em Pequim, nesta quinta-feira, Dunga separou pela primeira vez titulares e reservas e escalou o volante Elias no time principal. O jogador do Corinthians ficou com a vaga de Ramires, cortado por lesão – Fernandinho, substituto natural do jogador do Chelsea, também se machucou antes da excursão da seleção à Ásia.

Para o Superclássico das Américas, que será realizado sábado, contra a Argentina, Dunga manteve a base da equipe que disputou os amistosos contra Equador e Colômbia, mês passado, nos Estados Unidos. Com relação ao time que venceu os equatorianos, as únicas alterações foram as entradas de David Luiz, que não participou daquela partida porque estava machucado, e Elias.

Dunga comandou um treino técnico-tático em campo reduzido e escalou os titulares com Jefferson; Danilo, Miranda, David Luiz e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Elias, Oscar e Willian; Neymar e Diego Tardelli. Ainda sem o volante Rômulo, que foi convocado por último para a vaga de Fernandinho, teve problemas para obter o visto de entrada na China e não chegou a Pequim, Dunga teve à disposição apenas 20 jogadores de linha. Assim, primeiro ele escalou Oscar como “coringa”, atuando ao mesmo tempo entre os reservas como pelos titulares. Depois, exerceram esse papel Willian e Neymar.

No fim da atividade, treinaram cobranças de pênalti Philippe Coutinho, David Luiz, Luiz Gustavo, Oscar e Willian. Em caso de empate, a decisão do troféu do Superclássico será nos pênaltis.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolseleção brasileiraDungaElias

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.