Leo Correa/ Mowa Press
Leo Correa/ Mowa Press

Com Neymar reserva, Dunga testa Lucas Lima e Hulk como titulares

Técnico tenta habituar seleção com a ausência do craque

Estadão Conteúdo

01 de setembro de 2015 | 19h41

Com Neymar suspenso das duas primeiras rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, a seleção brasileira vai ter que aprender a se virar sem seu principal jogador. Pensando nisso, o técnico Dunga comandou nesta terça-feira o primeiro treino do elenco em Nova Jersey, visando os amistosos diante de Costa Rica e Estados Unidos, mantendo o craque na equipe reserva.

O time titular contou com duas novidades: Lucas Lima, santista convocado pela primeira vez na carreira que vem fazendo excelente temporada, e Hulk. O atacante não joga pela seleção desde o fracasso na Copa do Mundo e está de volta ao grupo. Quem perdeu espaço foi Roberto Firmino, que não começou bem sua trajetória no Liverpool.

Miranda foi poupado e ficou fazendo trabalho de fisioterapia na academia. Assim, a equipe foi escalada com: Jefferson; Danilo, Marquinhos, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Fernandinho, Willian e Lucas Lima; Douglas Costa e Hulk. Enquanto isso, o ataque reserva tinha Kaká; Neymar, Lucas e Roberto Firmino.

Ao longo da atividade, o técnico Dunga fez diversas modificações, mas não indicou qual o time que começa jogando contra a Costa Rica, sábado, em Nova Jersey. O Brasil depois volta a campo na terça, para pegar os EUA, em Boston.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.