Dunga quer evitar catimba e discussões nas eliminatórias

O técnico da seleção brasileira,Dunga, quer que sua equipe não se envolva em catimba nem empequenas discussões durante as eliminatórias para a Copa doMundo. O Brasil, única equipe que jogou todas as 18 Copas doMundo, inicia a campanha para se classificar para o Mundial de2010 contra a Colômbia, no domingo. Os brasileiros recebem o Equador no Rio de Janeiro trêsdias depois do começo da série de 18 partidas que levará doisanos e envolverá turno e returno na América do Sul. "Nós não devemos entrar em discussões ou usar catimba, oBrasil não sabe fazer essas coisas", afirmou Dunga jornalistas."Nós apenas temos de jogar futebol." Embora o Brasil tenha se classificado tranquilamente para aCopa do Mundo de 2006, a equipe teve dificuldades no início daseliminatórias sul-americanas. O time perdeu seis jogos nas eliminatórias para o Mundialde 2002 e também teve tropeços na competição classificatóriapara a Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos, perdendo paraa Bolívia na altitude. "As dificuldades são diferentes de qualquer outracompetição e você tem de estar pronto para isso", declarouDunga. "Você está jogando uma partida na qual o país inteiroestá preparado para enfrentar o Brasil." "Você pode ser vaiado no aeroporto, mas você tem de estarpreparado para jogar", acrescentou ele. "Os jogadoresbrasileiros gostam de um desafio. Quanto maiores forem asdificuldades, eles crescem."

BRIAN HOMEWOOD, REUTERS

09 de outubro de 2007 | 19h54

Tudo o que sabemos sobre:
FUTDUNGA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.