Divulgação
Divulgação

Dunga visita treino do Barcelona e faz elogios a Neymar

Brasileiro conta com técnico Luis Enrique e auxiliares

Estadão Conteúdo

31 Março 2015 | 16h09

O técnico Dunga deu sequência ao seu périplo por clubes europeus ao visitar nesta terça-feira o Barcelona. A passagem do treinador pelo clube catalão aconteceu um dia após ele visitar as instalações do Monaco, aproveitando que já estava na Europa em razão dos amistosos realizados na semana passada.

De volta ao comando da seleção brasileira após a Copa do Mundo de 2014, Dunga dirigiu o Brasil em oito jogos desde então, com oito vitórias. As duas últimas foram na semana passada, quando a seleção bateu a França por 3 a 1, em Saint-Denis, e o Chile por 1 a 0, em Londres. Depois desses amistosos, Dunga, Gilmar Rinaldi, coordenador de seleções da CBF, e Andrey Lopes, o Cebola, auxiliar técnico da seleção, aproveitaram para visitar clubes europeus, em uma tentativa de estreitar os laços com as equipes que cedem jogadores para o Brasil.

Assim, Dunga visitou o Monaco na última segunda. E, agora, nesta terça-feira, ele, Gilmar e Cebola foram ao CT do Barcelona, clube dos brasileiros Daniel Alves, Adriano, Rafael Alcântara, Douglas e Neymar. No clube catalão, eles conversaram o técnico Luís Enrique, Joan Barbará, seu auxiliar técnico, Rafel Pol, preparador físico do Barcelona, os assistentes Robert Moreno e Juan Carlos Unzué e o psicólogo Joaquim Valdés.

Em entrevista à Barça TV, Dunga fez muitos elogios a Neymar, o craque da seleção brasileira. "É um jogador fantástico e muito competitivo", disse, avaliando que o atacante está adaptado ao clube. "Está muito bem no Barcelona. A filosofia do Barça é muito parecida com a do Brasil, tanto pelo ambiente como pelo modo de trabalho".

Neymar foi o único jogador do Barcelona lembrado por Dunga na última convocação da seleção, mas, ainda assim, ele também fez comentários sobre outros brasileiros do elenco. "(Daniel) Alves e Adriano estão há muito tempo na Espanha, enquanto Douglas está se aclimatando".

Dunga também destacou o bom momento do Barcelona, que lidera o Campeonato Espanhol. "Está muito bem. Começou com muita dinâmica, agora tem quatro pontos de vantagem e fez grandes partidas. É uma equipe muito competitiva", concluiu o treinador da seleção.

Embalado pela sequência de oito vitórias, Dunga voltará a convocar a seleção em maio, quando apresentará a lista do Brasil para a Copa América e os amistosos preparatórios para o torneio diante de México e Honduras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.