Duque de Caxias anuncia a saída de Alfredo Sampaio

Alfredo Sampaio pediu demissão após a derrota para o São Caetano por 4 a 2, na última quarta-feira, e não é mais o técnico do Duque de Caxias na sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. O treinador se reuniu com a diretoria do clube fluminense nesta quinta e oficializou sua saída da equipe, que ocupa a lanterna da competição com apenas dois pontos. Caco Espinosa, que trabalhava auxiliar-técnico e iniciou a Série B no comando do Duque de Caxias, assume interinamente.

AE, Agência Estado

23 de junho de 2011 | 20h52

"Já vinha conversando com a diretoria e com os gestores do clube desde a derrota para o Vitória, na terceira rodada. Tinha demonstrado preocupação com o grande número de atletas (42), com as péssimas condições do campo de treinamento e com a falta de jogadores mais qualificados no setor defensivo", disse o treinador.

No entanto, Alfredo Sampaio não foi atendido e colocou um ponto final em sua passagem pelo Duque de Caxias. "Após o jogo contra o São Caetano, eu conversei com membros da diretoria que estavam com a delegação e condicionei minha permanência às mudanças já discutidas, além da dispensa de 12 atletas. Infelizmente recebi um não dos gestores e preferi entregar o cargo. Saio, mas continuarei torcendo pela recuperação do Duque de Caxias na Série B", finalizou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolDuque de CaxiasAlfredo Sampaio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.