Durval vê Santos encerrar campeonato com 'dignidade'

Zagueiro não terá o seu vínculo renovado junto à direção do clube

Agência Estado

08 de dezembro de 2013 | 21h09

SÃO PAULO - Em sua despedida do Santos, clube que defendeu com sucesso desde 2010, o zagueiro Durval foi titular neste domingo - vinha sendo reserva nas últimas rodadas do Brasileirão. E pôde comemorar a vitória sobre o Goiás, por 3 a 0, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, no encerramento do campeonato. Para ele, o Santos conseguiu encerrar sua participação no Brasileirão com "honra e dignidade". Mesmo já sem qualquer pretensão no campeonato, o time acumulou três vitórias seguidas nas três últimas rodadas - antes do Goiás, bateu Atlético-PR e Fluminense.

"Não tínhamos nada a perder. Precisávamos terminar com honra e dignidade. O 3 a 0 ficou de bom tamanho", afirmou Durval, em entrevista após a vitória santista no Serra Dourada, quando ele fez seu último jogo pelo clube. Com a camisa santista, o zagueiro de 33 anos conquistou o tricampeonato paulista entre 2010 e 2012, foi campeão da Copa do Brasil em 2010 e da Libertadores em 2011. Quase sempre foi titular, passando a ser reserva apenas na reta final da atual temporada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCDurval

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.