Dzeko se desculpa por ignorar técnico do Wolfsburg

O atacante Edin Dzeko pediu desculpas ao técnico Steve McClaren para se recusar a apertar sua mão depois de ter sido substituído no empate por 0 a 0 do Wolfsburg com o Werder Bremen no sábado. "O que eu fiz não foi correto", escreveu o jogador no site oficial do clube alemão.

AE-AP, Agência Estado

08 de dezembro de 2010 | 14h53

McClaren tirou Dzeko da partida depois que o atacante jogou mal e perdeu um pênalti. Com raiva, o atacante se recusou a apertar a mão do treinador na saída do campo. Dzeko também foi multado em 5 mil euros, com o dinheiro sendo destinado para uma instituição de caridade.

O atacante disse que ficou "decepcionado" com seu desempenho e que o seu gesto "não teve nada a ver com o treinador". O Wolfsburg venceu apenas um de seus últimos nove jogos e McClaren está sob pressão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolWolfsburgEdin Dzeko

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.