Gustavo Oliveira/CAP
Gustavo Oliveira/CAP

Paulo Autuori: 'É emergencial trocar o comando da CBF'

Comandante do Atlético Paranaense vai se tornar diretor técnico

Entrevista com

Paulo Autuori

Gonçalo Junior, enviado especial a Curitiba, O Estado de S. Paulo

01 de abril de 2017 | 17h00

Há um ano no clube, o técnico Paulo Autuori afirma que encontrou, pela primeira vez na sua carreira, uma sintonia entre o que pensa de futebol e a proposta do clube.

Você é um dos poucos treinadores que fala o que pensa sobre a gestão do futebol. Por que? 

Não julgo ninguém. Pelo tempo que eu estou no futebol, tenho condições de exteriorizar o que penso. Recebi muitas mensagens de gente que alguém precisava falar. Estou dando voz a outros que não conseguiram ter essa oportunidade. Não quero ser essa voz, mas vivi futebol e tenho parâmetros.

O que é emergencial no futebol brasileiro?

É emergencial trocar o comando da CBF. Eu vejo na presidência da CBF alguém que tenha sido jogador, com capacidade e qualidade. Nós temos gente assim.

Como avalia a distribuição das cotas de TV?

Não consigo analisar o futebol sem os aspectos antropológico, social, filosófico e pedagógico. O que eu vejo no Brasil é que todo mundo quer ganhar de qualquer jeito e enfraquecer os oponentes. Isso para mim é mediocridade. Você tem de melhorar o nível de todo mundo.

Como fazer com que os jogadores de todas as categorias joguem no mesmo esquema, como faz o Atlético?

É preciso respeitar a faixa etária das categorias e inserindo a complexidade gradativamente. Não posso pedir para um jogador do sub-15 fazer uma situação que fazemos no profissional, tática e estratégica. O grande lance é o respeito pelo lado pedagógico.

Você será diretor técnico?

Quero ser responsável pela parte técnica e lançar um olhar profundo para a formação. Quero participar de um grupo de cabeças pensantes e analisar o futebol como um todo.

Como avalia seu primeiro ano no clube?

Basicamente, nós atingimos os objetivos no ano passado, mas a exigência aumenta. O desafio é fazer o futebol acompanhar essa excelência metodológica e organizacional do clube. Estamos formando uma base bastante sólida.

Tudo o que sabemos sobre:
Paulo AutuoriCBFBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.