Mark J. Rebilas / USA Today Sports
Mark J. Rebilas / USA Today Sports

'É um orgulho imenso entrar na história do Real', diz Marcelo após renovação

Brasileiro deve se tornar jogador estrangeiro com mais jogos pelo clube espanhol, superando Roberto Carlos

Estadão Conteúdo

14 de setembro de 2017 | 11h23

O lateral-esquerdo Marcelo se demonstrou extremamente entusiasmado nesta quinta-feira após ter seu contrato renovado pelo Real Madrid até 30 de junho de 2022. Para o brasileiro, a extensão do vínculo o colocou na história de um dos mais tradicionais clubes de futebol do mundo.

"É um orgulho imenso entra na história do Real Madrid. Me sinto muito feliz e afortunado por estar neste clube grandíssimo. Estou contente por ter cumprido dez anos aqui e ter renovado por mais cinco. É um sonho cumprido que faz muito feliz a minha família e a mim", afirmou o brasileiro, que pode completar 15 anos de clube se cumprir o contrato até o fim.

"Conhecia o Real Madrid da televisão. Sempre foi muito grande, mas ao chegar aqui me ensinaram seus valores, que o clube ajuda pelo mundo aos mais necessitados, e isto me fez encará-lo com outros olhos, não apenas como uma grande equipe, mas como uma instituição muito grande", acrescentou em entrevista coletiva.

Marcelo, de 29 anos, é hoje um dos jogadores mais importantes do elenco, sendo o segundo capitão do time, atrás na hierarquia apenas do zagueiro Sergio Ramos. Feliz pelo reconhecimento, o lateral aproveitou para enaltecer algumas pessoas que o ajudaram em sua trajetória no clube.

E o primeiro deles foi o compatriota - e no início "rival" de posição - Roberto Carlos. "Ele me ajudou muito em minha chegada. Me facilitou as coisas, me levou para casa com sua família, me deu seu número de telefone", relembrou. "Não é normal que se porte tão bem com um jogador que chega para competir pela mesma posição. Mas me ajudou muito e segue dando conselhos. Além de ídolo, é meu amigo também."

Outro personagem elogiado foi o técnico Zinedine Zidane, bicampeão da Liga dos Campeões com o Real Madrid. "É o técnico com quem mais me entendi. Nos comunicamos apenas com o olhar, assim como ele faz com outros jogadores. Em tão pouco tempo, conseguir unir uma equipe com grandes jogadores é difícil, mas ele o fez."

O lateral também exaltou o português Cristiano Ronaldo e falou até sobre um antigo rival - o brasileiro Neymar. "Tive a oportunidade de jogar com grandes atletas, mas destacaria Cristiano, porque é o jogador mais completo com quem já joguei. Dos rivais, quem mais me surpreendeu e me dificultou é Neymar", opinou.

Sobre o futuro, Marcelo comentou que ainda tem um sonho a realizar. E ele não tem ligação com o Real Madrid. "Há objetivos que quero conseguir. Sempre quero melhorar e aprender. E me encantaria ganhar uma Copa do Mundo com o Brasil. É difícil, mas estamos no caminho adequado", completou.

Marcelo chegou ao clube em janeiro de 2007, com apenas 18 anos, e venceu quatro vezes o Campeonato Espanhol, ganhou três Copas do Rei, três Supercopas da Espanha, três Liga dos Campeões, três Supercopas da Europa e dois Mundiais de Clubes da Fifa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.