Ecclestone se torna principal acionista do time inglês QPR

O chefe comercial da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, torcedor do Chelsea, tornou-se o acionista principal do clube da segunda divisão inglesa Queens Park Rangers, após comprar a parte que pertencia a seu amigo Flavio Briatore.

REUTERS

17 de dezembro de 2010 | 15h33

"Não estamos mudando nada, apenas acertando algumas coisas", disse à Reuters o britânico de 80 anos, que agora tem 62 por cento do clube, nesta sexta-feira. "Temos que estar prontos caso a gente consiga subir de divisão."

O QPR, time do leste de Londres que também tem como acionista o bilionário indiano Lakshmi Mittal, atualmente lidera a segunda divisão sob comando do técnico Neil Warnock, e está a caminho de voltar à Premier League pela primeira vez desde 1996.

Briatore, ex-chefe da equipe Renault F1 que atualmente está suspenso da Fórmula 1 por ter manipulado o resultado de uma corrida, deixou o cargo de presidente do QPR em fevereiro.

Ele juntou-se a Ecclestone e Mittal para comprar o clube em 2007.

(Reportagem de Alan Baldwin)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTINGLESECCLESTONE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.