Economia de Mustafá irrita conselheiros

A política de contenção de gastos do presidente Mustafá Contursi está irritando os conselheiros da oposição no Palmeiras. Para eles, o clube foi derrotado pelo São Paulo por 3 a 0 porque o dirigente preferiu não gastar com passagens e hospedagem e fez os jogadores acordarem às 6 horas de domingo, para viajar a São José do Rio Preto, aproveitando vôo pago pela Federação Paulista de Futebol. Para evitar desgaste de seus atletas, o Tricolor optou por ir no dia anterior e pagar as despesas de seu próprio bolso. "O que aconteceu no domingo foi inadmissível, o presidente foi irresponsável", desabafou o conselheiro Gilberto Cipullo.Para Cipullo, a penúltima colocação da equipe no Campeonato Paulista é reflexo daquela fase do ?bom e barato?, iniciada no segundo semestre do ano passado e que foi uma das plataformas que Mustafá utilizou para se reeleger no início deste ano. "Na época, houve elogios, mas não se formou uma equipe forte. Foi tudo ilusório", criticou o conselheiro.Cipullo observou ainda que falta planejamento à atual diretoria. "Não adianta contratar em cima da hora", afirmou. "O clube trouxe dois centroavantes em uma semana e não tem laterais à altura", completou.Mudanças - Para a partida de quarta-feira, contra o Sport Boys, em Lima (Peru), pela Copa Libertadores, o técnico Celso Roth espera que o meia Alex seja o verdadeiro líder da equipe do Palmeiras em campo. "O Alex precisa de incentivo, não está rendendo mas sua presença é fundamental no meu esquema", ressaltou o treinador.Roth espera apagar a má impressão deixada no clássico de domingo com pelo menos um empate no Peru. O treinador pretende promover a volta do volante Galeano, que estava suspenso, e assim, melhore a marcação palmeirense. "Falhamos muito na marcação e é preciso corrigir estes problemas", avaliou o técnico. Sobre a pressão de atuar em duas competições, estando ameaçado de rebaixamento no Paulista, Celso Roth disse que a única solução para dar a volta por cima é trabalhar muito. "Temos tempo para reverter a situação", finalizou.Nesta segunda-feira, o Palmeiras anunciou que o treino seria no Palestra Itália, mas os jogadores apenas assistiram à fita de vídeo do jogo com o São Paulo. A comissão técnica levou os atletas para o ginásio do clube, já que os campos da Academia da Barra Funda receberam veneno para combater as pragas na grama.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.