Economista propõe mudar a Lei Pelé

O economista Luís Gonzaga Belluzzo, conselheiro do Palmeiras, ficou assustado com a ?fuga? de Rodrigo Taddei, que deixou o time para incorporar-se ao Siena, da Itália. Não que seja exatamente um admirador do futebol do esforçado jogador, mas por testemunhar, mais uma vez, o clube perder um atleta sem receber nenhuma compensação financeira. Ele considera o caso gravíssimo e pede uma revisão da Lei Pelé, tão aplaudida pelos jogadores. ?Os clubes brasileiros são exportadores de jogadores. Sempre foi assim e não podem perder a receita que tinham com esses negócios. É muito perigoso para o futebol.? Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

12 Agosto 2002 | 09h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.