Edcarlos celebra mais uma chance no Atlético-MG em momento decisivo

Reserva do Atlético Mineiro, Edcarlos é mais do que uma simples opção para Levir Culpi. O jogador é um dos nomes de confiança do técnico, tanto que já recebeu a braçadeira de capitão em algumas partidas. Além disso, foi utilizado em jogos importantes do time, como em duelos recentes diante de Internacional e Palmeiras. Agora, ele terá mais uma oportunidade, dessa vez naquele que vem sendo classificado como "jogo do ano", o duelo com o Corinthians, no próximo domingo, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Estadão Conteúdo

26 de outubro de 2015 | 16h14

"O professor Levir vem frisando desde o começo do campeonato que a oportunidade para quem não esta jogando sempre vai surgir nas horas mais difíceis. Tenho experiência nisso e sei que é assim. A oportunidade apareceu em uma hora boa, um jogo que todo mundo quer jogar, que todo mundo esperou. Agora, é concentrar e fazer um trabalho bem feito durante a semana para chegar tranquilo no domingo e, se formos merecedores, vamos sair com a vitória", afirmou Edcarlos.

O Corinthians, aliás, foi o adversário do momento que faz Edcarlos mais ser lembrado pelos atleticanos. Afinal, foi dele o gol que definiu a vitória do time por 4 a 1, de virada, sobre o time paulista no ano passado e que classificou o Atlético-MG às semifinais da Copa do Brasil. Nesta segunda-feira, Edcarlos comentou que a sua volta ao time diante do mesmo adversário desse gol histórico é apenas uma feliz coincidência.

"Foi um gol histórico e, por onde passo, todos lembram dele. Às vezes, a gente tira dez gols, faz um e é lembrado por ele. Falo que, na próxima encarnação, virei como atacante para ficar mais marcado na história. Mas, brincadeiras à parte, é outra historia, um jogo totalmente diferente, time diferente, ocasião diferente. Então, sabemos que será muito difícil mais uma vez vencer o Corinthians pelo equilíbrio que eles vem tendo dentro do Brasileiro e pela tranquilidade que vivem por estar com uma vantagem boa, mas, aqui, somos mais fortes e, com o apoio do nosso torcedor, tenho certeza que vamos sair vitoriosos", disse.

Com 62 pontos, o Atlético-MG está a oito do líder Corinthians e sabe que precisa superar o adversário no próximo domingo no Independência para seguir com chances de conquistar o título do Campeonato Brasileiro. Edcarlos prometeu que o time vai entrar em campo tranquilo e concentrado para o desafio, sem, porém, qualquer clima excessivo de rivalidade.

"Temos a obrigação de vencer o Corinthians como tínhamos de vencer a Ponte. Não penso em rivalidade à parte com o Corinthians, para mim, é mais um clássico do futebol brasileiro. Criou-se muita expectativa por se tratar dos dois primeiros colocados do Campeonato Brasileiro, mas nós jogadores temos que estar bem tranquilos e cientes da nossa obrigação de vencer. Se quisermos ser campeões, esse é o jogo do ano", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-MGEdcarlos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.