Inter/Site oficial
Inter/Site oficial

Edenílson diz que esperava oscilação, mas aponta necessidade de o Inter evoluir

Colorado luta para melhorar rendimento antes de estreia na Libertadores, no dia 6 de março

Redação, Estadão Conteúdo

13 Fevereiro 2019 | 16h34

O pior parece já ter passado para o Internacional no começo da temporada 2019. Após vencer na estreia no Campeonato Gaúcho e acumular três tropeços consecutivos, o time ganhou seus dois últimos compromissos e ascendeu para o quarto lugar. Para o volante Edenílson, a oscilação era prevista, embora tenha ressaltado a importância de a equipe ter se recuperado, para dar mais tranquilidade ao trabalho do técnico Odair Hellmann.

"A gente sabia das dificuldades que encontraríamos no começo do Gaúcho. Era um planejamento da comissão de fazer testes no começo desta temporada. No Brasil, só existe tempo para testes quando se tem o resultado. Essa sequência de vitórias nos dá tranquilidade para continuar trabalhando", afirmou, em entrevista coletiva nesta quarta-feira.

Melhorar o desempenho no Campeonato Gaúcho era fundamental para o Inter acelerar a sua preparação para a disputa da Copa Libertadores, torneio em que o time vai estrear em 6 de março, contra adversário ainda a ser definido.

Com a experiência de quem já venceu o torneio continental, em 2012, pelo Corinthians, Edenílson assegurou ver semelhanças entre aquele time e o atual elenco do Inter. "Tem bastante jogadores de qualidade. Aquele time tinha muita pegada e atletas experientes. Muito do que tinha lá, tem aqui também", avaliou.

Até a estreia na Libertadores, o Inter ainda fará mais dois jogos pelo Gaúcho, nos dois próximos domingos, diante de Caxias e Avenida. Edenílson ressaltou a necessidade de o time aproveitar esses compromissos para evoluir. "Vamos focar nos próximos jogos e melhorar em alguns aspectos", comentou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.